Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Comunidade reclama de muitos cachorros abandonados nas ruas

Alem de sofrerem o dia a dia largados na rua, com frio e fome, os animais podem transmitir doenças. A falta de providencias pode trazer um acidente com alguma criança que pode ser mordida de uma desses animais doentes, magros e possivelmente com raiva. Alem disso, mal tratados ao relento, podem transmitir varias doenças.

O procedimento, que impede a proliferação dos bichos nas ruas de Jardim Esperança e Jardim Peró é uma alternativa ao sacrifício puro e simples, medida repudiada pela sociedade e pelas Ongs e que por isso mesmo acabou descartada pela saúde pública.






A prefeitura sabe desse problema mas algumas outras prioridades são mais necessárias devido a crise financeira que passa a cidade.

A população dessas duas comunidades sabem dessa crise mas mesmo assim utilizaram o Jornal O Resumo para denunciar o que está acontecendo nas ruas do bairro.

Uma quantidade grande de cachorros estão abandonados em varias partes do bairro. Magros e doentes eles comem, literalmente, o pão que o diabo amassou. 

Os moradores estão na expectativa de que o poder público municipal efetive medidas necessárias para acabar com esse descaso com os animais.

Na tentativa de minorar o sofrimento dos cães de rua, muita gente tem alimentado os cachorros. Já é comum encontrar nas ruas dos dois bairros vasilhas estrategicamente colocadas sob marquises ou nos portões com ração e água. Talvez ainda não na quantidade necessária, mas o bastante para mostrar que, felizmente, a sociedade ainda tem muita gente de bom coração.

Outra forma de as pessoas minorarem o sofrimento dos animais é entregando-os às Ongs para doação, mas a quantidade é enorme é não dá para fazer tal ação.

Caso queira ajudar anote o telefone do Canil Municipal

Canil Municipal de Cabo Frio

(22) 2625-6191


Texto : Jornal O Resumo
Fotos ; Internauta morador do Jardim Esperança