Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

segunda-feira, 14 de março de 2016

Cabo Frio - Show em benefício do Lar Esperança

Artistas de Cabo Frio se reúnem para promover um show beneficente a favor do Lar Esperança, que há 20 anos oferece apoio a portadores do vírus HIV. 

O objetivo é arrecadar recursos para a manutenção da instituição, que atravessa uma das piores crises de sua existência e nos últimos dois meses vem correndo sério risco de encerrar as atividades por falta de verba. 

O ingresso está sendo vendido a R$ 15 nas principais lojas da cidade e o show acontece no dia 23 de março, as 19hs no Clube Tamoios em Cabo Frio.

Cantores como Juliana Feliciano, Oswaldo Guimarães, Jorge Villas e Mazinho Senos, além de Nilton e Rick Costa&Patrick Costa, além da dançarina e professora de dança do ventre Angelita Moyra se apresentarão no espetáculo, que acontece de 19h às 22h. Todos estão doando suas apresentações à instituição. Atualmente, o Lar abriga nove residentes, além de atender uma população flutuante de cerca de 50 pessoas

Os convites à venda nos seguintes locais: 

Lojas Luau: Rua Érico Coelho, 23 Centro Cabo Frio - 26451261 

Loja 2: Av. 13 de Novembro, 100 lojas D e E - Centro Cabo Frio - 26431024 

Amigas da Mama: Rua Rui Barbosa, 273 (Rua do Tamoio) Centro Cabo Frio 26455586

Lar Esperança: Rua Antonio Duarte Guimarães, 20 Braga – Cabo Frio - 26449007 

Banca do Japão: Praça Porto Rocha - Centro Cabo Frio 

Banca Doce Leitura: em frente a agência dos Correios, no Centro de Cabo Frio.

Entenda a Crise

Com o corte de repasse nos recursos mensais que eram feitos pela prefeitura, os diretores anunciaram que o Lar estava prestes a fechar as portas. Contas atrasadas e falta de materiais de limpeza, medicamentos e alimentos colocam em risco o serviço prestado pela instituição. No fim de janeiro, a presidente da unidade, Aparecida Porto, chegou a anunciar a data do fechamento, mas desde então diversas ações têm sido feitas numa tentativa de manter os serviços prestados. Algumas pela própria instituição, outras de iniciativa popular.

Segundo ela, as dívidas passaram a se acumular em 2014, quando do convênio de R$ 204 mil anual com a Prefeitura de Cabo Frio, apenas R$ 183 mil foram repassados. O ano passado, que começou no vermelho, se agravou quando a instituição recebeu apenas R$ 68 mil, referente a três parcelas, e em 2016 nenhum depósito foi feito até o momento. Para quitar salários de dezembro e parte do 13° de funcionários da casa, foi necessária a realização de um empréstimo.

Além do show do próximo sábado, já foram realizadas iniciativas pelo Motoclube de Cabo Frio e outras instituições.


Fonte e Foto : Folha dos Lagos