Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

domingo, 18 de dezembro de 2016

Ambev facilita troca de garrafas retornáveis

A procura por produtos mais baratos e sustentáveis entre os consumidores aumentou. Com esse cenário, as garrafas de vidro retornáveis estão sendo lembradas como uma boa opção e voltam aos supermercados e à lista de compras dos brasileiros. Essas embalagens, além de gerar desconto ao consumidor final, ajudam na preservação do meio ambiente.

Em 2015 a Ambev deixou de colocar em circulação 2,5 milhões de toneladas de vidro, o que corresponde ao lixo gerado pela população do Rio de Janeiro durante um ano. Para incentivar ainda mais o consumo desses vasilhames, a Ambev, além de ampliar seu portfólio com o lançamento das garrafinhas minirretornáveis, desenvolveu uma máquina de coleta para facilitar a troca dos cascos.

Os equipamentos, que recebem as garrafas vazias e emitem um cupom de desconto para o consumidor, já estão presentes em mais de 800 pontos de venda de todo o Brasil e o objetivo é fechar 2016 com 1.200 máquinas nas ruas. Desde o início do ano, as máquinas de coleta já fizeram a troca de 124 milhões de garrafas retornáveis. Afinal, por que pagar algo que não será mais utilizados? Os preços dessas embalagens podem ser até 30% mais baratos. Isso acontece porque, ao devolver um vasilhame e trocar por uma nova bebida, o cliente não está pagando por um novo recipiente.

No município do Rio de Janeiro, é possível encontrar máquinas de coleta nos bairros de São Cristóvão, Barra da Tijuca, Pavuna, Rocha Miranda, Bento Ribeiro, Taquara, Vila Valqueire, Copacabana, Botafogo, Sepetiba, Campo Grande, Penha Circular, Cachambi, Recreio dos Bandeirantes, Campinho, Guaratiba, entre outros bairros.

No estado do Rio de Janeiro, é possível encontrar nas cidades de Volta Redonda, Magé, Niteroi, São Gonçalo, Duque de Caxias, Macaé, Cabo Frio, Armação de Búzios, São João de Meriti, Queimados, Belfort Roxo, Campos dos Goytacazes, Araruama e Nilópolis.

Os consumidores podem encontrar os pontos de troca pelo site de geolocalização: www.miniretornaveis.com.br.